Comissões Hospitalares

Comissão Interna de Prevenção de AcidentesTopo

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

A CIPA do HMSJ atualmente está constituída de 14 (quatorze) membros treinados que realizam reuniões ordinárias de acordo com o calendário preestabelecido junto ao Ministério do Trabalho, as reuniões têm como objetivo de identificar e analisar eventuais riscos aos trabalhadores e assim trazer melhorias de trabalho, reduzindo possíveis acidentes e doenças relacionados ao trabalho.

Principais atribuições da CIPA:

  • Identificar os riscos do processo de trabalho;
  • participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção;
  • realizar verificações nos ambientes e condições do trabalho visando à identificação de situações que venham trazer riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores;
  • divulgar aos trabalhadores informações à segurança e saúde no trabalho;
  • participar em conjunto com o SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho);
  • participar anualmente em conjunto com a empresa de Campanha de Prevenção da AIDS;
  • analisar causas das doenças e acidentes do trabalho e propor medidas de solução dos problemas identificados e;
  • colaborar no desenvolvimento de programas relacionados á segurança e saúde dos trabalhadores.

Comissão Intra Hospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplante - CIHDOTTTopo

A Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante – CIHDOTT do Hospital Maternidade São José tem por finalidade organizar o processo de captação de órgãos, identificar potenciais doadores, abordar adequadamente familiares, manter articulação do hospital com a Central de Notificação, Capacitação e Distribuição de Órgãos – CNCDO e colaborar para que haja uma ampliação qualitativa e quantitativa na capacitação de órgãos.

A equipe da CIHDOTT é composta por 03 membros, sendo 01 médico e 02 enfermeiros.

Atribuições da CIHDOTT:

  • Detecta possíveis doadores de órgãos e tecidos no hospital;
  • Viabiliza o diagnóstico de morte encefálica, oferecendo aos familiares de pacientes falecidos a possibilidade de doação de córneas e outros tecidos;
  • Mantêm articulação com a CNCDO, bem como promove educação continuada com os funcionários do HMSJ sobre a doação e transplante de órgãos e tecidos, capacitando os mesmos na adequada entrevista familiar e articula com demais unidades de recursos diagnósticos para atender possíveis casos de doação.

Comissão de óbitoTopo

A comissão de Óbitos do HMSJ tem como objetivo dar ajuda a Direção do HMSJ no sentido de vigilância continua dos relatórios/atestados de óbitos, aferindo os procedimentos e condutas profissionais realizadas, bem como a qualidade das informações dos atestados de óbitos.

A equipe é composta de 03 membros, sendo 02 médicos e 01 enfermeira.

Atribuições da Comissão de Óbitos:

  • Analisar e emitir parecer sobre os assuntos relativos à óbitos que lhe forem enviados;
  • Elaborar normas para auditoria e revisão dos prontuários de pacientes que foram a óbito;
  • Realizar a revisão dos prontuários relacionados aos óbitos;
  • Normatizar e fiscalizar o adequado registro e preenchimento dos atestados de óbitos;
  • Convocar o médico que atestou o óbito caso as informações sejam conflitantes;
  • Criar instruções necessárias para melhorar a qualidade das informações dos prontuários de óbito;
  • Zelar pelo sigilo ético das informações;
  • Emitir parecer técnico ou relatório quando solicitado pela Comissão de Ética Médica ou outro serviço interessado;
  • Assessorar a Direção Clínica da Instituição em assuntos de sua competência;
  • Definir anualmente metas de melhorias e suas estratégias, sempre buscando a qualidade com atuação de Educação Permanente e desenvolver atividades de caráter técnico-cientifico com fins de subsidiar conhecimentos relevantes a Instituição.

Comissão de revisão de prontuáriosTopo

A comissão de Revisão de prontuários do HMSJ tem como objetivo revisar os prontuários, conferindo e garantindo a integralidade dos dados ali registrados, bem como assegurar a responsabilidade do preenchimento, guarda e manuseio dos mesmos, que cabem aos seus respectivos responsáveis.

A equipe é composta de 03 membros, sendo 02 médicos e 01 enfermeira.

Atribuições da Comissão de Revisão de prontuários:

  • A avaliação dos itens que deverão constar obrigatoriamente:
    a) Identificação do paciente em todos os impressos, anamnese, exame físico, exames complementares, e seus respectivos resultados, hipóteses diagnósticas, diagnóstico definitivo e tratamento efetuado e outros documentos pertinentes ao atendimento.
    b) Obrigatoriedade de letra legível do profissional que atendeu o paciente, bem como de assinatura e carimbo ou nome legível do profissional e respectiva inscrição no conselho de classe.
    c) Obrigatoriedade do registro diário da evolução clínica do paciente, bem como a prescrição médica consignando data e hora.
    d) Tipo de Alta.
  • recomendar inclusão e exclusão de formulários, impressos e sistemas, bem como a conservação dos prontuários visando a qualidade dos mesmos;
  • assessorar a Direção Clínica da Instituição em assuntos de sua competência.
  • Manter estreita relação com a Comissão de Ética Médica da Unidade com a qual deverão ser discutidos os resultados das avaliações feitas;
  • definir anualmente metas de melhorias e suas estratégias, sempre buscando a qualidade com atuação de Educação Permanente e desenvolver atividades de caráter técnico-cientifico com fins de subsidiar conhecimentos relevantes a Instituição.

Equipe multiprofissional de terapia nutricionalTopo

A Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional do HMSJ tem como objetivo realizar procedimento, supervisionar e avaliar permanentemente pacientes sob cuidados nutricionais especiais e garantir a vigilância constante do seu estado nutricional.

A equipe é composta de 03 membros, sendo 01 médico, 01 enfermeira e 01 nutricionista.

Atribuições da Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional:

  • Realizar triagem e avaliação nutricional dos pacientes internados identificando desnutrição ou risco de desnutrição nos mesmos;
  • Elaborar a prescrição dietética com bases nas diretrizes estabelecidas na prescrição médica;
  • Orientar o paciente, familiar ou responsável legal, quanto aos riscos e benefícios dos procedimentos;
  • Garantir os registros da evolução e dos procedimentos médicos;
  • Estimular as autoridades competentes a atuar sobre os problemas detectados pela equipe, tomando as medidas necessárias e promover discussões dos casos clínicos junto à equipe multiprofissional;

Comissão de Ética MédicaTopo

A comissão de Ética Médica do HMSJ é um órgão representativo do Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo, estando a ele vinculada. Tem como objetivo apresentar as funções opinativas, educativas e fiscalizadoras do desempenho Ético da Medicina.

A equipe é composta de 06 médicos, sendo 03 membros efetivos e 03 membros suplentes.

Atribuições da Comissão de Ética Médica:

  • Orientar e fiscalizar o desempenho ético da profissão dentro da Instituição;
  • verificar as condições oferecidas pela instituição para o exercício profissional, bem como a qualidade do atendimento prestado aos pacientes, sugerindo modificações que venham julgar necessárias;
  • denunciar às instâncias superiores, inclusive o Conselho Regional de Medicina, as eventuais más condições de trabalho na instituição colaborar com o Conselho Regional de Medicina divulgando resoluções, normas e pareceres;
  • assessorar a diretoria clínica, administrativa e técnica da instituição, dentro de sua área de competência e
  • proceder à sindicância a pedido de interessados, médicos, Delegacias do Conselho Regional de Medicina e do próprio Conselho ou por iniciativa própria, visando dirimir conflitos e dúvidas existentes na instituição.

Comitê Hospitalar de Investigação/Prevenção da Mortalidade Materna e NeonatalTopo

O Comitê de Investigação/Prevenção da Mortalidade Materna e Neonatal do HMSJ tem como objetivo identificar todos os óbitos maternos de mulheres em idade fértil de 10 a 49 anos de idade e neonatos e apontar medidas de intervenção para redução da mortalidade materna e neonatal.

A equipe é composta de 06 membros, sendo 03 médicos, 02 enfermeiras e 01 administradora.

Atribuições do Comitê Investigação/Prevenção da Mortalidade Materna e Neonatal:

  • Promover eventos de prevenção da mortalidade materna e neonatal;
  • reunir dados em nível hospitalar, promovendo avaliações contínuas das mudanças nos índices de mortalidade materna e neonatal e dos fatores que as provocam;
  • realizar sistematicamente, levantamento dos óbitos de mulheres em idade fértil de 10 a 49 anos de idade, ocorridos no HMSJ;
  • encaminhar ao Comitê de Prevenção da Mortalidade Materna e Neonatal municipal, mapas de levantamentos de óbitos de mulheres em idade fértil e neonatos, juntamente com relatórios de conclusões das investigações dos óbitos maternos e neonatais realizados e trabalhar em parceria com o Comitê de Prevenção da Mortalidade Materna e Neonatal municipal.

Comissão de Documentação Médica e EstatísticaTopo

A Comissão de Documentação Médica e Estatística do HMSJ tem como objetivo supervisionar as ações do SAME do HMSJ.

A equipe é composta de 03 membros, sendo 01 médico, 01 enfermeira e 01 técnico de informática.

Atribuições da Comissão de Documentação Médica e Estatística:

  • Criar indicadores com dados coletado do SAME;
  • avaliar os serviços em saúde e
  • planejar ações, que sirvam como base para a gestão hospitalar.

Comitê TransfusionalTopo

O Comitê Transfusional do HMSJ tem como finalidade coordenar a formação de diretrizes para uso racional de sangue e hemocomponentes.

A equipe é composta de 05 membros, sendo 02 médicos, 01 bioquímico, 01 enfermeira e 01 secretária.

Atribuições do Comitê Transfusional:

  • Elaborar planos de ações e estabelecer estratégicas de atuação para aumentar a segurança transfusional.
  • Assessorar a administração do HMSJ na formulação da política de uso racional de sangue e hemocompomentes e investigações de eventuais reações á transfusão.
  • Acompanhar estudos e pesquisas em medicina transfusional ou congêneres.
  • Manter registros atualizados sobre padronização e normas técnicas.
  • Efetuar auditorias e pareceres.